Quem pode se inscrever no SISUTEC?

Após concluir o ensino médio um estudante possui algumas opções. Ele pode partir diretamente para o mercado de trabalho ou incrementar ainda mais o currículo profissional com curso de graduação ou técnico. Entre os técnicos uma excelente opção é o Sisutec. Saiba mais! 

O que é o Sisutec? Como Funciona?

O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica é um programa do governo federal em parceria com o Ministério da Educação (MEC) para fornecer cursos técnicos gratuitos. A principal meta do programa é tornar a mão de obra profissional disponível no mercado capacitada. E como nem todos podem pagar por isso, o governo ajuda.

O funcionamento do Sisutec a bem simples. O estudante se cadastra no programa e escolhe entre duas opções de cursos disponíveis com vagas de todas as cidades do Brasil. O tipo de curso e a sua duração varia de acordo com a cidade. O processo seletivo evolve a escolha da maior nota do ENEM no ano anterior.

O Sisutec é uma parceria entre instituições públicas e privadas e Governo Federal. Não são escolas próprias do MEC. As vagas são ofertadas em escolas parceiras do programa que ofertam uma determinada quantidade de vagas para alunos participantes do programa.


Processo Seletivo do SISUTEC

O processo seletivo do programa é totalmente virtual. O aluno se cadastra no sistema envia seus dados pessoais e número de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio. A sua nota automaticamente vai para o sistema e será avaliada.

O próximo passo é escolher entre as opções de dois cursos disponíveis. O sistema então fará uma análise de acordo com todos os inscritos e selecionará as melhores notas. Não é possível se inscrever mais de uma vez no programa e nem escolher mais de dois cursos. mas caso não seja aprovado em um processo seletivo o estudante pode tentar novamente em breve.


Como se inscrever no Sisutec

A inscrição no programa Sisutec é feita no site oficial criado pelo Governo Federal. O passo a passo é:

  • Entrar no site do programa clicando aqui;
  • Se as inscrições estiverem abertas é só digitar o login e a senha utilizados no ENEM;
  • Preencher o cadastro com a maior quantidade de dados possíveis;
  • Escolher dois cursos dentre os disponíveis para sua cidade;
  • Clicar em “enviar”.

A partir daí é só esperar a seleção acontecer. O sistema para a seleção automaticamente e o resultado ficará disponível no próprio site. Um alerta é enviado para o e-mail cadastrado caso o aluno seja aprovado comunicando sobre as datas para se matricular na instituição de ensino.


Pré-requisitos para se cadastrar no Sisutec

O programa do governo federal tem como finalidade ajudar estudantes de baixa renda e alunos em condições de custear seus estudos após o ensino médio. Os pré-requisito fazer parte do Sisutec são:

  • Ter concluído ensino médio em instituição de ensino público;
  • Ter uma renda familiar de até dois salários mínimos;
  • É preciso ter feito o Enem no ano anterior;

Para fazer a inscrição do Sisutec no é necessário pagar taxa. Os estudos também são gratuitos e estão incluídos o material didático.

Um dos pontos mais importantes é fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio. O aluno deve ter cuidado para não perder Enem Inscrições 2018 e concorrer a vagas do Sisutec no ano seguinte.

 

5 Cursos técnicos para ajudar a abrir o próprio negocio!

Para abrir o próprio negócio a maior parte das pessoas acredita que dinheiro  a única coisa necessária. Ter um capital inicial com certeza importante, mas não o ponto mais importante para o sucesso. Alguns cursos para saber a melhor forma de abrir o próprio negócio podem ajudar. Saiba mais!

Cursos técnicos

Dicas de cursos técnicos para ajudar a abrir o próprio negocio

O que você precisa saber para abrir seu próprio negócio? Infelizmente dinheiro não é tão importante quanto gerenciar corretamente o investimento. Segundo dados do SEBRAE, mais de 30% das empresas fecham no primeiro ano por não conseguirem gerir as contas correta. Alguns cursos podem ajudar a mudar esse percentual.

1 – Administração

Administrar uma empresa vai muito além de ser apenas um dono. É preciso entender o gerenciamento e produção, contratação de empregados, como organizar a produção e como organizar projetos.

Esse tipo de conhecimento é adquirido em um curso técnico de nível superior em administração. As noções de básicas de economia vão ajudar a administrar melhor as finanças e a base do curso será responsável por ajudar a projetar melhor a empresa.

2 – Gestão financeira

Na verdade todos os que puderem deveriam fazer um curso técnico de gestão financeira. Ele ensina a fazer balanço, o que é fundo de caixa e o que é realmente com lucro e como gerir os gastos fixos. Saber o que cada centavo representa no saldo de uma empresa é a grande diferença entre o sucesso e o fracasso.

A maior parte dos aventureiros no empresariado não sabe diferenciar o que é lucro de fluxo de caixa e acaba investindo tudo não sobrando nada para investir novamente. Cursos de gestão financeira auxiliam neste quesito.

3 – Marketing e técnicas de vendas

Como os seus clientes vão saber que você existe? Como atrair mais clientes? Como fidelizar clientes antigos(que são mais baratos para a empresa)? Este tipo de conteúdo trabalhado em cursos de marketing.

Não é necessário uma graduação completa. Um concurso técnico ajuda a abrir os horizontes das possibilidades de divulgação de acordo com seu tipo de negócio de serviço. Também auxilia a entender o seu público-alvo de acordo com o tipo de produto vendido e como atraí-lo da forma correta.

4 – Processos gerenciais

Um administrador também é um bom gerente de sua equipe. Ele sabe coordenar as  atividades dos seus empregados entende o processo de construção de uma equipe.

Mesmo que ele contrata um gerente necessita aprender o processo para entender como funciona a execução de cada projeto, criação de metas e garantir uma melhor produtividade para empresa.

5 – Como abrir uma empresa

As unidades do SEBRAE de todo o Brasil oferecem o curso de passo a passo de como abrir uma empresa. Ajuda ao novo empresário entender sobre toda a parte técnica documentação necessária.

Os orientadores do curso também avaliam a proposta de abertura de firma para saber se realmente esse nicho de mercado vale a pena explorado. Auxilia na documentação necessária e quanto investimento é preciso para capital inicial.

Assim quando o empresário for procurar um contador já ter alma e não tem noção de como funciona e quanto vai gastar.